Como Transformar sua HISTORIA DE VIDA em um NEGÓCIO

Olá, meu nome é Bruno Ávila e nesse post, eu vou falar para você como transformar a sua história de vida em um negócio de sucesso. Inclusive, você já deve ter visto em alguns vídeos meus no meu canal no YouTube eu iniciando falando isso. “Olha, eu tô aqui pra ajudar você a transformar sua história em um negócio.” E talvez você tenha pensado: “Ah, Bruno, mas como é que eu vou fazer isso? Minha história não tem graça nenhuma. Como é que alguém vai comprar alguma coisa baseada na minha história? Como assim?”

Pois você vai entender isso e vai descobrir que sim, a sua história tem muito valor. Talvez você esteja pensando que eu esteja falando de uma história ficcional, aquela história de livro, que ganha prêmio. Não, não tem nada a ver. A sua história é muito importante sim e no final desse post, eu vou fazer um exercício que você vai entender porque a sua história tem muito valor. Então pega caneta e papel e vamos juntos até esse exercício. E outra coisa. Eu vou fazer uma promessa para você. Você vai sair desse post com o olho bem arregalado. Mas vai ser um BUM na sua cabeça.

“Nossa, Bruno, eu nunca tinha parado pra pensar nisso. É verdade, cara. Como é que pode?”

Pois eu te prometo que você vai sair com o olho arregalado. Então, sabendo disso, compartilhe esse post com algum amigo, algum parente, familiar, pois esse post tem qualidade e existem pessoas como você que querem qualidade. Diante de tanto lixo que vemos pela Internet, então compartilha e comenta. E também se inscreva no meu canal do YouTube, para conhecer mais da história do SER NOTÁVEL, da ideia de você criar um negócio a partir da sua história. Taca o dedo no botão de inscrição e no sininho porque senão o YouTube não te notifica quando sair vídeo novo. Tacou o dedo na inscrição? Bacana.

Olha, você vai sair daqui com o olho arregalado pelo seguinte motivo. A forma como você cria um negócio hoje em dia e muito provavelmente daqui há muitos e muitos anos permanecerá assim, de forma muito mais forte. É completamente diferente de quando você estava ali nos anos 70, 80, 90 e 2000 e queria criar um negócio. Era outra parada. Hoje a forma como você se relaciona, a forma como você se comunica, a forma como você compra, é completamente diferente de poucos anos atrás. Completamente diferente! O problema é que, hoje a literatura, os livros, o que a gente tem de conhecimento é esse conhecimento antigo. E quando você vai nos livros de Administração, de Marketing, eles ensinam uma coisa que hoje não tem mais validade nenhuma. É claro que a base permanece, mas a forma como você aborda, a abordagem de uma criação de negócio é completamente diferente. E você vai entender o porquê disso.

Primeira coisa que você tem que entender é que não existe mais online e offline. Hoje, o seu posicionamento no online fortalece o produto ou serviço que você vende no offline. Inclusive temos vários casos de sucesso no SER NOTÁVEL MÉTODO SIRIUS, de pessoas que se posicionaram no digital para aumentar suas vendas no presencial. Eu trabalho com o Mercado do Conhecimento. Eu vendo cursos online, vendo cursos presenciais também, vendo eventos, treinamentos e eu posso dizer a você o seguinte.

O que eu vou falar aqui agora tem muito a ver com esse mercado, mas tem a ver com todos os mercados. Não interessa se você vende produto físico ou digital. Hoje você tem um restaurante, se você se posiciona bem no Google, no YouTube, no Facebook, no Instagram, você vai levar mais gente para lá. Porque as pessoas hoje estão todas conectadas. Como é que você vai ser notado? E aí vem a ideia do SER NOTÁVEL. Como é que você vai ser notado no meio desse povo todo? Porque, enquanto está lendo esse post, tem mais de 130 milhões de brasileiros por aí. É muita gente você tentando SER NOTÁVEL no meio desse povo, não é?

Só existe uma maneira e essa é a maneira que já começa a se diferenciar de todos os outros. Se você quer ter um negócio duradouro, de verdade, que você permaneça com esse negócio por muitos e muitos anos e não uma empreitada para ganhar dinheiro ali e aproveitar o momento e ir embora. Não, não estou falando disso. Eu estou falando de criar um negócio. Eu estou com o meu negócio há 20 anos. Há 20 anos eu estou aqui no digital.

Eu tenho certeza que você quer uma vida com uma tranquilidade que, muitas vezes, a gente vai procurar num emprego formal e fica achando que “Não, para empreender eu não vou ter a mesma tranquilidade”. Não, você pode ter sim a mesma tranquilidade e uma liberdade muito maior empreendendo. Agora, isso você precisa querer. Você precisa querer isso porque tem gente que vende empreendimento, “Ah, vou empreender”, com a ideia de aproveitar o momento. E não estou falando que é certo ou errado. Estou falando que existe essa forma de você empreender, mas o empreendimento aqui é duradouro.

Então se você quer um negócio que vai durar 20, 30, 50 anos, não tem jeito. Você tem que expor a sua história. É isso que passa por aqui. É isso que vai fazer com que você se conecte com pessoas, independente de onde ela esteja, mesmo que você não tenha visto a cara dela. A pessoa vai ver a sua cara, mas você não vai ver a cara dela. De todos os meus alunos, acho que conheço 10%, 5% deles, talvez. Eu já vi em algum momento. Os meus clientes eu não vejo a cara deles, então como é que você vai vender sem olhar para a cara de seus clientes? Contando a sua história! E para isso, você precisa expor a sua história.

Eu quando estou por aqui, ou no meu canal do YouTube, você vê um monte de vídeos lá, eu estou expondo a minha história. E o que é a minha história? São as minhas experiências de vida, a minha formação, o meu trabalho, os meus experimentos, aquilo que eu acredito que é certo. Tudo isso, junto com a minha visão de mundo, junto com a forma como eu vejo as coisas, tudo isso é único. Você pode ter lido um livro que eu li, mas eu tenho certeza que você tem mais centenas de livros que eu não li. Essa mistura faz com que você seja o único, que a sua história seja única. Quando você coloca como base do seu negócio a sua história, acabou a concorrência. Não existirá concorrência. Porque a sua história é sua!

Eu aqui, o que eu vendo, outras pessoas podem vender também. Não tem problema, é assim que funciona o mercado. Mas existirão as pessoas que vão se conectar com a minha história, com a minha forma de ver o mundo, pessoas que acreditam que o meu estilo de vida combina mais com elas e dessa forma, elas vão querer comprar de mim e não do outro. Por isso que não tem concorrência.

Agora, para que você faça isso, você precisa expor a sua história. Não tem jeito, você tem que mostrar. Você vai ter que botar a cara. Você vai ter que falar. Se você não expor a sua história, nada feito. Você não vai ter negócio, as pessoas não vão saber que você existe, as pessoas não vão se conectar com você e todos os outros que tiveram a coragem de se expor, mesmo não tendo a mesma informação que você teve ou a mesma qualidade técnica que você tem, esses vão ganhar em cima de você. Vão passar por cima de você. Você tá aí, escondido. Então, quando você expõe a sua história, as pessoas que se conectarem com aquela história, que concordarem com essa história, ficarão com você.

Algumas pessoas imaginam que nós que estamos aqui, vendendo cursos ou trabalhando com Marketing, porque não adianta, a partir do momento que você resolve vender o seu serviço ou o seu produto aqui na internet, você vai estar fazendo Marketing. Então, muita gente acredita que o Marketing serve para persuadir e convencer as pessoas de que você é o melhor, de que o seu produto é melhor. Talvez no passado isso tenha funcionando. Quando você tinha que colocar muito dinheiro para fazer anúncio de massa. Você chegava para a Globo, para o SBT, para o jornal, “Tá aqui o dinheiro, ó. Anuncia”. Você anunciava para todo mundo. Para novo, para criança, para velho, para a Classe A, a Classe B, a Classe C, a Classe D. O que tínhamos ali de nichado, talvez seria o programa, “Ah, tem mais gente da Classe AB que assiste”. Era isso o que a gente tinha.

Então você falava para um público que não tinha voz, elas eram passivas. Eu ligava a televisão e via o que estava passando. Acabou, não tinha o que fazer. Hoje não. Hoje as pessoas, elas têm voz. Hoje as pessoas se comunicam, se conectam, comentam, inclusive você vai comentar, já, já, eu vou falar o que você tem que comentar aqui nos comentários. As pessoas conversam. Aí imagina, não existia isso antes.

Então, nós não estamos aqui para convencer ninguém. Porque nós não vamos convencer ninguém. Você não vai convencer o cara que torce para o Flamengo a torcer para o Vasco da Gama. Não vai. Você não vai conseguir fazer com que um cara que é de esquerda passe a ser de direita, quem é de direita passe a ser de esquerda, que concorda com o governo, que não concorda… Você não vai convencer ninguém! E nós não estamos aqui para convencer ninguém.

Quando você resolve SER NOTÁVEL para o mercado, você tem que colocar na mente o seguinte: “Cara, eu estou aqui para ser um agente de mudanças. Eu sou um agente de mudanças”. Só que eu não vou persuadir ninguém a mudar. Eu vou estar no momento certo, no lugar certo, quando aquele decidir mudar. E quando ele decidir mudar, se eu estiver lá, naquele momento, ele vai se conectar com a minha história. E vai ficar comigo. E vai continuar nessa jornada. E pode continuar até o fim da vida, inclusive. Porque esse formato de comunicação direta, ela não vai morrer. Pode mudar as tecnologias, mas vai continuar e essa pessoa sempre vai saber que eu existo. E ela vai ficar comigo porque ela se conectou a minha história.

Veja que, aquele que não se conecta com a minha história, não me interessa. Ele tem que ir embora mesmo porque é assim que funciona. Esse que não se conectar com a minha história, vai se conectar com outro. Maravilha! Ótimo! É assim que funciona o mercado. Agora, eu sendo um agente de mudanças, eu fazendo com que a pessoa saia do ponto A para o ponto B, a pessoa que não tem um trabalho, agora tem um trabalho.

Digamos que eu seja um bom churrasqueiro. Eu não sou, mas digamos que eu fosse. Eu vou falar a você: “Cara, vem aqui que eu vou levar você para o melhor churrasqueiro do mundo! Você vai se transformar no melhor churrasqueiro do universo, cara. Eu vou fazer isso com você”. É a história de levar do ponto A ao ponto B. Então, nós somos agentes de mudança. E quando nós pensamos em mudança, começamos a sonhar muito alto. Tanta gente aí falando:

“Olha, alta produtividade, vamos sonhar grande.”

“Mire em Júpiter para você atingir a Lua.”

Se fala tanto disso e é verdade, é legal, funciona, é importante. Só que isso pode criar uma nebulosidade na sua visão e fazer com que você acredite que você está aqui para mudar a educação do país, para fazer com que as mulheres do mundo inteiro sejam mais empreendedoras, ou então do Brasil. “Olha, eu vou ajudar as mulheres do Brasil, 180 milhões de mulheres a serem empreendedoras! Com a minha ajuda, eu vou conseguir isso.” O que vai acontecer?

Quando você começar a colocar essa mudança de forma cada vez mais alta, mirando a massa, mirando os milhões de seguidores, de inscritos, esse fardo fica mais pesado. Concorda? Concorda que beira o impossível? É lindo, né? É lindo você ajudar o Brasil. É lindo você ajudar o mundo. Mas está muito perto do impossível. Tem um ou outro ponto fora da curva total que consegue. Mas fica mais difícil.

Então, o que você deve fazer? Uma vez que você decidiu SER NOTÁVEL, você precisa SER NOTÁVEL para um pequeno público, e não para a massa. Você que acompanha o meu canal no YouTube, sabe que eu falo muito nisso, eu bato muito nessa tecla. Você não precisa de milhões de seguidores. Para ter um negócio lucrativo, não precisa.

Então, a partir do momento que você bota a sua cara no ar e começa a falar da sua história, da sua visão de mundo, dos seus conhecimentos, você vai começar a atrair esse pequeno público. E qual vai ser o efeito colateral disso?

Antigamente, quando a gente fazia anúncios, em televisão, jornal, os dados que a gente tinha eram amostragens demográficas. A gente sabia a cidade, onde é que as pessoas compravam aquele jornal… É tudo amostragem. Idade, classe social… Hoje nós temos esse dados de forma muito fácil, através dos relatórios do YouTube e do Facebook. Mas nós temos algo muito mais importante: são os dados psicográficos.

Nós começamos a entender a psicologia daqueles que estão nos seguindo. E isso é impressionante. Você não tinha esse tipo de relatório antigamente. Hoje você tem. Quando a pessoa chega no seu canal, assiste, comenta, começa a conversar, faz perguntas, comenta sobre o que você falou, colocando a visão de mundo dela… Quando é que você teria isso antigamente? Hoje você tem isso.

Por isso que mesmo pequenos grupos são tão poderosos. Porque agora você tem dados psicológicos. Você consegue ter a visão de cada seguidor seu, contato com essa visão. Como é que ele te vê, como é que ele vê o seu negócio, o seu produto, a sua ideia. Quando é que você teria isso antigamente? Por isso que, hoje, é sim possível, você criar um negócio lucrativo de muito sucesso a partir de pequenos grupos.

Existe uma ideia do Produto Mínimo Viável. Isso é muito de startup. Para começar, eu crio um pequeno produto viável que possa ser comercializado e que possa garantir a entrega do serviço para o cliente e também fazer com que aquilo funcione. Mas existe também um outro conceito: o Mercado Mínimo Viável. Você tem que encontrar o Mercado Mínimo Viável. O que seria isso?

Um público que vai comprar o seu produto, vai se beneficiar dele e mesmo sendo pequeno, vai te dar lucro. Esse é o Mercado Mínimo Viável. Você já encontrou o seu Mercado Mínimo Viável? Se você não encontrou, tem aqui ferramentas maravilhosas para você fazer. O YouTube é um deles para você conseguir criar esse pequeno público. E a partir daí, criando esse pequeno público, você vai alçar voos maiores. Mas você precisa começar com esse pequeno público.

Não sei você já viu uma tinta, um corante antifurto. É um pó que quando a pessoa vai abrir, arrombar um carro ou abrir um caixa eletrônico, vai assaltar uma loja, aquele pó explode na cara do ladrão e aquilo fica impregnado nele. E começa a brilhar. É um tipo de pó que brilha, tem verde, tem roxo… Então aquela coisa fica roxa. É uma tinta muito forte, um corante muito forte. E não sai de jeito nenhum. Experimenta você pegar esse corante e jogar no oceano. Não vai acontecer nada. O oceano não vai se transformar em roxo.

Agora, pega esse corante e joga dentro de uma piscina. Toda a água da piscina vai ficar roxa. O que eu estou querendo dizer é que, naquela ideia de oceano azul, “Ah, eu preciso de um oceano azul onde ninguém tenha colocado ali o seu produto, para que não tenha concorrência”. Nessa ideia de oceano azul, o que nós imaginamos? Uma massa de gente. Um oceano! E você se esquece que aquele pinguinho de tinta que você joga no oceano, dificilmente vai ser visto. Impossível. É utópico!

Agora, se você tem uma piscina, ou seja, um grupo de pessoas, você ser notado por esse grupo é muito mais fácil.  Então, o que você precisa? De uma grande piscina. E entregar a sua melhor experiência nessa grande piscina. E uma vez que você entrega essa grande experiência, essas pessoas que estão nesse grupo vão te ajudar a passar o seu recado adiante. E vai te ajudar a crescer e a encontrar mais uma grande piscina. E depois mais uma outra grande piscina e outra grande piscina e assim vai… E lembre-se: o seu trabalho não é para todos! É somente para aqueles que querem embarcar na sua jornada.

Então, vamos começar a espalhar a sua jornada pelo mundo? Você vai começar agora! E aqui, nesse post, nos comentários, você vai entrar nos comentários e vai escrever a sua história de vida para mim. E você não vai economizar palavras não. Você vai escrever a sua história. Escreva! E você vai ver, eu vou comentar todos. Escreva a sua história e você vai ver o quanto a sua história é importante. E quantas pessoas poderiam, nesse momento, ter contato com a sua história, serem ajudadas por você e não estão sendo porque você não compartilhou a sua história com elas. E se você ainda não se inscreveu no meu canal e não quer perder mais nenhum vídeo, clica aqui e taca o dedo na minha cara e no sininho. Estou esperando a sua história e também vou esperar você no próximo post.

“Assista o vídeo completo no Youtube”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu