COMO SE TORNAR UM ESPECIALISTA SEM TER Graduação, Mestrado, Doutorado nem falar Inglês!

Os profissionais reconhecidos e admirados pelo seu público são os que ganham mais. Não adianta, você pode estudar na Inglaterra, no Japão, fazer MBA, Doutorado e o caramba. Pode um dia ter trabalhado em multinacionais, ter sido responsável por milhões em faturamento.

Mas se você não aparecer no mercado e contar a sua história, se você não for notado pelas pessoas, se você ficar aí estudando sem falar com ninguém, sem interagir com o seu público, não adianta, você vai ficar aí se achando o cara mais fodástico do mundo E SE CONTORCENDO DE ÓDIO vendo garotos menos experientes ganhando 10 vezes mais do que você ganha. E você vai continuar aí onde você está.

E ainda tem aqueles que acham que não podem ser reconhecidos no mercado porque não tiveram uma carreira brilhante. Não tem nada que preste pra mostrar, não tem 1 milhão de seguidores no YouTube, não tem curtidores no Facebook… Ah, pera lá, meu amigo. Apaga tudo que tá tudo errado. Apaga tudo e presta atenção.

Existem duas formas de você ser reconhecido no seu mercado como um especialista notável. E adianto logo que a segunda forma é a mais fantástica e democrática de todas, graças à internet e a Santo Isidoro. O que, você não sabe quem é Santo Isidoro?

Santo Isidoro é o padroeiro da internet. Foi declarado o santo padroeiro desta maravilhosa grande rede no final dos anos 90 pelo Papa João Paulo II. Então, quando sua conexão cair, você já sabe para quem você deve orar, né? Se bobear é mais rápido que o suporte da operadora.

Bem, eu estava dizendo que existem duas formas. A primeira forma de você ser reconhecido como um especialista notável é mostrando resultado. Tanto os seus resultados, como também os resultados dos seus seguidores.

Se você mostrar que agiu e por conta dessa ação, você teve resultados positivos. E que outros que fizeram o mesmo que você ensinou, também tiveram resultados positivos. Isso já o torna especial. É muito simples de você entender isso.

Você vai em três oficinas mecânicas e nenhuma delas conseguem consertar o seu carro. Aí você vai numa quarta oficina e o mecânico resolve. O que você vai pensar do mecânico?

“Pô, esse cara, esse cara aí entende do assunto, cara. Esse cara é confiável. Ele me mostrou resultado, ele consertou aquilo que os outros três não consertaram. Então, a partir de agora, eu só levo o meu carro pra esse homem. Que esse homem é o cara!”

Veja, ele não precisou mostrar um resultado de milhões de dólares em faturamento, mas resolveu um problema difícil do cliente. Isso é resultado que também traz reconhecimento e notabilidade imediatamente.

O mesmo vale para um médico que consegue acertar um diagnóstico difícil. Um advogado que consegue ganhar uma causa quase impossível. Agora qual o problema dessa forma? É o que você deve estar pensando agora.

“Cara, isso é impossível! Eu vou ter que ter resultados relevantes.”

“Eu vou ter que trabalhar 10, 20, 30 anos pra ter resultados brilhantes e assim poder mostrar às pessoas.”

É aí que vem a segunda forma. Aquela que eu disse que eu acho fantástica. E eu sei que vai ter gente querendo me apedrejar. Já tô vendo aí cinco pedras na sua mão. Sua mão tá se tremendo toda, doido pra mandar essas pedras pra cá. Mas peraí, muita calma nessa hora. Leia o que eu vou falar de peito aberto, até o final, para você entender o que eu vou colocar aqui. Joinha?

A segunda forma, que eu considero a mais fantástica de todas, é você conseguir reconhecimento e notabilidade através da pesquisa. Se você tem uma faculdade, graduação, pós-graduação, MBA, legal! Maravilha! Mas mesmo que você não tenha nada disso, é possível você ser visto como um especialista no assunto, fazendo o que todo professor presencial até hoje faz: PESQUISANDO.

Na verdade, os professores são grandes pesquisadores. A diferença, com a internet, é que ser um pesquisador independe da sua formação. Mesmo que você não tenha cursado uma faculdade. Através da pesquisa e graças ao poder de comunicação da internet, você pode ser visto pelo público como um dos maiores especialistas do Brasil em determinado assunto.

E antes que você taque as 5 pedras em mim, me responde a seguinte pergunta: Se você tivesse dinheiro para investir em imóveis, você pediria conselho para alguém que nunca comprou um apartamento na vida? Eu aposto que você respondeu NÃO.

Então, eu lhe faço outra pergunta: Se essa mesma pessoa, que nunca comprou um apartamento na vida, tivesse escrito um livro com a entrevista que ele fez com 20 grandes investidores mundiais em imóveis, fizesse uma compilação de como esses homens pensam e suas principais estratégias em relação a compra de imóveis, e então, você ouviria o conselho desse amigo?

Provavelmente você mudou de opinião e disse SIM. Não foi? Hein? A pessoa passou anos e anos estudando profundamente o mercado. Esteve com os maiores do mundo. Essa pessoa automaticamente passou a ser um dos maiores especialistas em compra de imóveis sem nunca ter comprado um imóvel. Você quer ver um exemplo real? Você está vendo esse velhinho simpático e fofo aqui? Tá vendo?

O nome dele é Napoleon Hill. Ele escreveu um best-seller chamado “Pense e Enriqueça”. Um trabalho profundo de pesquisa com as pessoas mais ricas do mundo. E o curioso é que até o lançamento desse livro, o Napoleon era pobre. Pois é, como é que pode?

O nome do livro é “Pense e Enriqueça”. O cara escreveu um livro desse e ele era pobre. Virou best-seller. Napoleon virou especialista em riqueza. Por que? Porque ele entrevistou pessoas altamente ricas, usou as informações dessas entrevistas, estudou, compreendeu e compilou todos os resultados dessa pesquisa em um livro.

Automaticamente, Napoleon Hill se transformou em um especialista em riqueza sem nunca ter sido rico. Agora veja que fantástico: Entrar no mercado do conhecimento, esse mesmo mercado que eu estou, no mesmo mercado que o Napoleon Hill um dia esteve, é realmente para todos. Se você não tem experiência e não tem resultados, isso realmente não te impede de começar. E isso aqui não é papo motivacional. Não tem nada a ver.

É porque realmente nada impede você de começar. Basta você ser um grande pesquisador. Vai ser fácil? Não, não vai ser fácil. Você vai ter que estudar muito, muito mesmo! Do mesmo jeito que aqueles que passam em concurso público estudam.

Então, nada te impede de começar hoje, lendo livros sobre o assunto. Pega o livro, lê, rabisca, faça anotações, entreviste pessoas no seu mercado. Não só para mostrar para o seu público, mas para que você possa entender como é que eles pensam também.

É a partir daí que você vai gerar conteúdo de altíssimo valor. Conteúdo que seja realmente capaz de transformar as pessoas. E esse é o pré-requisito do pesquisador. Você só vai ser reconhecido e admirado pelo seu público, se você realmente entregar um conteúdo transformador que cause um resultado positivo na vida das pessoas. Esse vai ser o seu maior objetivo. E independe de cargos, de títulos, de experiência, mas da sua capacidade máxima como estudante e pesquisador.

“Assista o Vídeo Completo no Youtube”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu